Criptomoeda Ethereum Passa para PoS e Causa Enorme Impacto no Mercado das Placas Gráficas

Ao passar de Proof of Work para Proof of Stake, deixa de ser possível a mineração da criptomoeada Ethereum, o que é uma excelente notícia para a comunidade gaming e não só.

Ao longo dos últimos anos o mercado das placas gráficas sofreu grandes problemas de disponibilidade devido à enorme procura destes equipamentos por parte de mineradores de criptomoedas, principalmente Ethereum. Quanto maior a hash rate, capacidade de processamento, maior é o volume de mineração daquele ativo. Com este princípio básico, a consequência foi, irremediavelmente, a aquisição de largos números de placas gráficas para assim montar as chamadas rigs de mineração. Algumas destas rigs contam com centenas de placas gráficas a minerar 24h sobre 24h.

A mineração de Ethereum foi o “consumidor” número 1 de placas gráficas de alta gama em todo o mundo no ano de 2021.

Com a alteração de protocolo de Proof of Work para Proof of Stake, deixa de ser possível utilizar a capacidade das placas gráficas para minerar a criptomoeda. Assim, deixa de haver a enorme procura por estes equipamentos e, possivelmente, o aumento da sua disponibilidade também no mercado de segunda mão. Além disso, com esta mudança, espera-se que o consumo global de electricidade seja reduzida em 0,2%. Pode parecer pouco, mas é suficiente para alimentar as 5 maiores cidades do mundo.

Isto não quer dizer que não existam outras criptomoedas com algoritmo Proof of Work que dependam da computação de cálculo  acelerada por GPU, mas Ethereum tinha a maior capitalização de mercado entre todas. Os gamers têm agora razões para festejar, uma vez que a NVIDIA e a AMD têm agora de vender GPUs de topo de gama diretamente com base nos méritos do desempenho em jogos e dos preços das placas gráficas.

ARTIGOS RECENTES

Sharkoon Lança Caixa Wave RGB

A Sharkoon Technologies, fornecedora internacional de componentes e periféricos para PC de alto desempenho e alta qualidade, está a expandir a sua gama de caixas com o lançamento da Waveda RGB.

Deixe o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *