Netflix Prepara Disponibilização de Jogos Mobile

A Netflix anunciou a sua expansão para o mundo dos videojogos com foco, inicialmente em mobile gaming.

A Netflix vai expandir a sua oferta para lá das séries e filmes na sua plataforma. Numa carta dirigida a investidores, a empresa revelou que a sua expansão irá começar por dispositivos móveis em vez, do que seria esperado inicialmente, começar por jogos baseados na plataforma de TV.

Os jogos serão disponibilizados, numa fase inicial, gratuitamente como uma regalia para os atuais subscritores do serviço Netflix e, segundo a empresa, os utilizadores não terão que se preocupar com publicidade in-game. O CPO (Chief Product Oficer), Greg Peters, declarou: “vamos começar de forma relativamente pequena, vamos aprender, vamos crescer onde focamos o nosso investimento baseado no que funcionar e vamos melhorar continuamente com base no que os nossos membros nos dizem que está a funcionar”.

O CPO sublinha que os jogos mobile são frequentemente inundados de publicidade e compras in-game com o propósito de gerar receitas. Na Netflix, no entanto, os jogos serão livres de quaisquer esquemas de monetização com o objetivo de se destacaram dos demais.

Espera-se que alguns dos jogos terão como tema filmes e séries da Netflix. Greg Peters acrescenta: “Sabemos que os fãs destas histórias querem aprofundar mais, querem interagir mais, querem realmente direcionar um pouco a sua energia. Portanto, vamos testar uma série de diferentes jogos através de diferentes mecanismos para ver o que está a funcionar verdadeiramente para os nossos membros”.

Peters refere ainda que a seu tempo terão títulos próprios: “talvez um dia vejamos um jogo a gerar um filme ou uma série”.

A expansão da Netflix para o mundo dos videojogos chega numa altura em que a aquisição de novos subscritores abrandou, o que é natural considerando que devido ao início do confinamento no ano passado, por esta altura a Netflix viu o seu número de subscritores aumentar em 1.5 milhões de novos membros. Atualmente, o serviço conta com mais de 209 milhões de subscritores em todo o mundo.

ARTIGOS RECENTES

Deixe o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *