Valve Anuncia Consola de Videojogos Portátil: Steam Deck

A Valve anunciou hoje o lançamento de uma consola portátil que será lançada em dezembro.

Depois de alguns rumores ao longo dos últimos meses, confirmou-se hoje que havia veracidade em algumas dessas notícias. Em maio deste ano,  o cofundador da empresa, Gabe Newell, comentou durante uma palestra que os jogos da Steam iriam chegar às consolas, mas não da forma que esperaríamos. Pouco tempo após o seu comentário, começaram então a surgir rumores sobre uma possível consola da própria Valve e falava-se inclusive que poderia ser algo similar à Nintendo Switch.

Agora, a empresa anunciou oficialmente a sua consola portátil com lançamento em dezembro. A Valve garante que a consola suporta todos os jogos da Steam, sem exceção. Para conseguir este feito, a consola utiliza um chip AMD APU, que comporta processador e gráfica dedicada. O processador tem quatro núcleos e oito threads e foi desenvolvido sob a arquitetura Zen 2 com uma velocidade de relógio máxima de 3.5GHz.

A gráfica utiliza a arquitetura RDNA 2 da AMD, a mesma tecnologia que alimenta a PlayStation 5 e a Xbox Seris X, com oito unidades de computação RDNA 2 com uma capacidade de até 1.6 Teraflops. Um valor que fica ligeiramente abaixo da capacidade gráfica da PlayStation 4 original, que tem uma capacidade de 1.84 Teraflops.

A consola possui apenas um aspeto de fazer torcer o nariz, um pouco pelo menos. Talvez no sentido que reduzir o custo de produção, a Steam colocou um ecrã tátil LCD de sete polegadas com uma resolução de 1280 x 800. 

A Steam Deck não vem com Windows instalado, vem antes com um software proprietário da Steam com o nome de SteamOS 3.0. Ao ligarmos a consola, basta inserir as credenciais da nossa conta Steam, fazer o download e instalar os jogos.

A Valve deixa ainda um apontamento relativamente ao software: “a Steam Deck é um PC, por isso, podem instalar outros sistemas operativos e aplicações de terceiros”. Isto é de facto uma excelente notícia porque pode querer dizer que o potencial da consola é imenso.

De acordo com a Valve, a Steam Deck pode correr entre duas a oito horas com uma única carga. Vem com 16GB de RAM LPDDR5, Bluetooth 5.0, WiFi dual-band, slot para cartão de memória microSD, ligação jack 3.5mm e ligação USB-C com DisplayPort 1.4 integrado, portanto, podemos ligá-la ao monitor.

É claro que a tentativa de compactar um PC no tamanho de uma consola portátil tem os seus aspetos menos bem conseguidos. A consola pesa 635g. Em comparação, a Nintendo Switch pesa apenas 400g. Não é que seja um peso extraordinário, mas quando falamos de portabilidade, quanto mais leve, melhor.

O valor da Steam Deck começará nos 399 dólares e inclui memória de armazenamento interna de 64GB (eMMC PCi Gen). Existe ainda um modelo mais rápido com um SSD NVME PCIe Gen 3 de 256GB, por 529 dólares, e outro modelo ainda com o mesmo SSD, mas de 512GB e um ecrã anti-reflexo.

A consola portátil da Valve estará disponível para pré-encomenda a partir de amanhã, 16 de julho.

ARTIGOS RECENTES

Deixe o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *