Nvidia Multada por não Comunicar o Impacto da Mineração de Criptomoedas no Mercado de GPUs

O acordo de 5,5 milhões de dólares cobre o ano fiscal de 2018 durante o primeiro grande aumento de criptomoedas.

A Nvidia pagará uma multa de 5,5 milhões de dólares por não ter revelado aos investidores o impacto do forte crescimento da mineraçãos de criptomoedas em 2017 no seu sector negócio de GPUs.

A Securities and Exchange Commission anunciou o acordo que diz que a Nvidia fez “divulgações inadequadas” sobre o efeito da mineração de criptomoedas durante dois trimestres consecutivos no ano fiscal de 2018, que abrangeu a maior parte de 2017 até finais de janeiro de 2018. Foi nessta altura que o preço da Bitcoin disparou de 1000 para 19000 dólares antes de um declínio constante em 2018.

De acordo com o SEC, “a empresa não revelou que a criptomineração era um elemento significativo do seu crescimento das receitas provenientes da venda das suas unidades de processamento gráfico (GPUs) concebidas e comercializadas para jogos”.

O boom das criptomoedas levou a uma onda de clientes que compraram as GPUs da empresa para minerar estas moedas – algo que a Nvidia conhecia, segundo a SEC: “apesar disto, a Nvidia não revelou nos seus Formulários 10-Q, como lhe era exigido, estes ganhos significativos e flutuações de fluxo de caixa relacionados com um negócio volátil para os investidores a fim de determinar a probabilidade de que o desempenho passado fosse indicativo de desempenho futuro”, afirma o regulador.

O outro problema é que Nvidia fez declarações sobre como o crescimento da mineração das criptos afectou outras partes do seu negócio. Isto criou uma impressão de que a divisão de GPUs de jogos da empresa “não foi significativamente afectada pela criptomineração”, quando na realidade foi, afirma a SEC.

A Nvidia recusou-se a comentar o acordo, o que também exige que a empresa deixe de reter informações dos investidores, mas, segundo a SEC, Nvidia não admite nem nega as acusações.

“As falhas de divulgação da Nvidia privaram os investidores de informação crítica para avaliar os negócios da empresa num mercado chave”, diz Kristina Littman, Chefe da Divisão de Fiscalização da Unidade Cripto Assets & Cyber do SEC.

A empresa também tem vindo a desviar-se do assunto para relatar o impacto da mineração de criptomoedas nos seus lucros há já vários trimestres. No entanto, a Nvidia tem dito frequentemente que tem “visibilidade limitada sobre o quanto” a mineração de criptomoedas em curso afecta o seu negócio de GPU de jogos. Ainda assim, tem sido evidente que muitos mineradores de criptomoedas acumularam placas gráficas da Nvidia ao longo dos anos, o que levou a empresa a tentar impedir as vendas, com resultados limitados.

ARTIGOS RECENTES

Deixe o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *