TikTok Ultrapassa Mil Milhões de Utilizadores

O TikTok continua a sua expansão mundial e reforça a sua posição como uma das maiores redes sociais ultrapassando agora os mil milhões de utilizadores.

Apesar da forte concorrência do YouTube e cada vez mais do Instagram, principalmente agora com a forte aposta nos Reels, e após estar na mira de algumas ameaças políticas, o TikTok continua a prosperar no reino das redes sociais. A prova disso está no seu anúncio de uma nova meta alcançada de mil milhões de utilizadores ativos.

A equipa do TikTok escreveu num artigo de blog “mais de mil milhões em todo o mundo vêm agora ao TikTok para se entreterem enquanto aprendem, riem, ou descobrem algo novo”. Um porta-voz do TikTok acrescentou que este número não inclui a rede social Douyien, a versão chinesa do TikTok.

Ao ultrapassar a marca dos mil milhões de utilizadores, o TikTok afirma-se como uma das maiores redes sociais do planeta apesar de existir há somente 4 anos. A somar a este marco, a empresa de pesquisa Annie concluiu que os utilizadores norte-americanos e britânicos passam mais tempo no TikTok do que noutras plataformas concorrentes, como o YouTube. Ainda assim, o YouTube regista um volume de dois mil milhões de utilizadores ativos todos os meses.

Um dos fatores de sucesso do TikTok é o seu avançado algoritmo que estuda e percebe as preferências de visualização do utilizador ao ponto de às vezes parecer que nos lê a mente. O sucesso do TikTok é manifestamente superior junto das faixas etárias mais jovens, o que levou o YouTube e o Instagram a criar versões similares, para não dizer cópias, do TikTok.

Outro dos seus fatores de sucesso deve-se ao facto de ter conseguido penetrar no mercado norte-americano, ao contrário de outras empresas chinesas que, ou foram banidas, ou foram sujeitas a medidas que impedem a sua propagação neste mercado. Para já, o TikTok tem evitado estes obstáculos, mas a sua proveniência chinesa tem sujeitado a empresa a um crescente escrutínio por parte de entidades governamentais.

Durante o mandato de Donald Trump, o TikTok esteve muito próximo de ser banido dos EUA por suspeita de ameaça nacional causada pela suposta partilha de informação de utilizadores americanos com o governo chinês. Apesar das intenções de Trump, o TikTok não sofreu qualquer repreensão e, além disso, um estudo mostrou que a maioria dos norte-americanos não se importanta das ligações do TikTok com a China.

ARTIGOS RECENTES

Deixe o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *