MediaTek Anuncia o Seu Processador Topo de Gama: Dimensity 9000

Segundo a MediaTek, é capaz de rivalizar com os processadores da Apple e Qualcomm no que diz respeito ao desemepnho.

A atual escassez de chips no mercado não tem sido um fator impeditivo no desenvolvimento de novos processadores por parte dos fabricantes. A MediaTek, o maior fabricante de chips do mundo, em termos de volume, anunciou o seu primeiro verdadeiro processador topo de gama num evento da empresa. O Dimensity 9000 vem com nocos recursos, tais como núcleos Cortex-XE e agregação de 5G de três operadoras.

Yen-Chi Lee, Diretor Geral Adjunto da unidade de smartphones da MediaTek diz que “somos capaz de melhorar o desempenho em 35% comparativamente aos Androids topo de gama atuais”, referido-se ao Snapdragon 888 da Qualcomm utilizado no Samsung Galaxy S21.

Esta é uma comparação um pouco desleal, de certa forma, visto que o Snapdragon 888 tem quase um ano e será substituído por um novo chip dentro de duas semanas no Snapdragon Summit da Qualcomm.

De acordo com a MediaTek, a empresa equipa o Android mais vendido do mercado americano, o Samsung Galaxy A32 5G. No entanto, até agora, o foco da empresa tem sido os smartphones de média gama, em torno dos 300€, e não tanto smartphones premium. Com isto, a MediaTek consegue 41% do mercado de chips Android na América do Norte. O Dimensity 9000 é o primeiro processador da empresa a concorrer neste espaço de smartphones topo de gama.

O Dimensity 9000 tem três conjuntos de núcleos. O principal é um Cortex-X2 que atinge uma frequência de 3.05GHz. Tem também três núcleos Cortex-A710 que correm a 2.85GHz. Por fim, tem quatro núcleos Cortex-A510 que operam em modos mais eficientes a nível energético. Tudo assento num processo de 4nm da TSMC, o primeiro chip com esta tecnologia.

Comparado com o iPhone 13 da Apple, o Dimensity 9000 consegue quase igualar o desempenho no benchmark Geekbench Multicore, com uma pontuação de mais de 4.000, referiu Yen-Chi Lee. Acrescentou também que a MediaTek fez um excelente trabalho ao explicar como a potência deste processador se traduz na utilização real dos smartphones. O novo chip irá reduzir o tempo de inicialização de aplicações  em 20-50% e reduzir o consumo de energia em idle em 40%: “poderemos ter uma melhor experiência de utilizador quando não tivermos que carregar o smartphone para executar todas essas aplicações durante o dia”.

Em termos de capacidades de câmara, o chipset possui um processador de sinal de imagem HDR de 18 bits com taxa de transferência de 9 Gbps. Suporta câmaras únicas de até 320MP, bem como gravação de vídeo HDR de três câmaras simultâneas. Isto é importante porque os smartphones com MediaTek geralmente não possuem câmaras líderes de mercado. Isto supera também o Snapdragon 888, embora, mais uma vez, veremos o que acontece daqui a algumas semanas.

No que diz respeito a IA (Inteligência Artificial), que é amplamente utilizado atualmente para processamento de imagem, a MediaTek reivindica um desempenho 66% melhor do que o iPhone 13 e 16% melhor do que o chip Tensor do Google.

É mais provável que o Dimensity 9000 surja em smartphones na Europa, Ásia e América Latina, onde a MediaTek domina. Poderia até surgir num smartphone OnePlus para a T-Mobile nos Estados Unidos, mas o relacionamento próximo da OnePlus com a Qualcomm torna esta hipótese muito improvável. Segundo a MediaTek, o Dimensity 9000 deverá começar a aparecer nos smartphones a partir do final de março de 2022.

ARTIGOS RECENTES

Microsoft Go 3 LTE Poderá Ser Anunciado Em Breve

O surgimento de imagens do novo Surface Go 3 na cor preto mate pode indicar o lançamento do dispositivo na versão LTE para breve.
ATUALIZAÇÃO: dispositivo foi lançado hoje, 11 de janeiro.

E3 2022 Será Evento Online Novamente

A ESA, Entertainment Software Association, aponta preocupações sobre COVID-19 e o seu potencial  impacto na segurança dos expositores e participantes.

Deixe o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *