Nova PlayStation 5 Terá Processador AMD de 6nm

A nova versão da Playstation está prevista para 2022 e terá um novo processador AMD Zen 2 de 6nm.

Apesar da dificuldade em satisfazer a enorme procura por consolas PlaySation 5, a Sony tem já planeada uma nova versão com um processador atualizado.

Várias fontes parecem confirmar esta notícia, como a DigiTimes, que refere alterações relativas a componentes da PS5 por parte de um fornecedor da Sony, neste caso a TSMC, que está já a realizar preparações para a produção do novo modelo. Apesar dos preparativos, o início da sua produção está prevista apenas para o segundo ou terceiro trimestre de 2022.

Não há grandes detalhes ainda sobre esta novidade, para além de se tratar de um novo processador AMD Zen 2 de 6nm. O processador da PS5 é, atualmente, de 7nm, portanto, espera-se um ligeiro aumento de desempenho e eficiência no consumo energético.

Este tipo de revisões e atualizações nas consolas é comum. Podem, não só trazer melhorias de desempenho, mas também redução no custo de produção. É uma situação que vimos acontecer também em PlayStations anteriores. Se olharmos para a PS4, por exemplo, as alterações de hardware contribuíram para a redução do seu tamanho, por isso, poderemos ver uma PlayStation 5 Slim no futuro relativamente próximo, o que são excelentes notícias considerando o tamanho “massivo” da PS5.

Imagem Conceptual da PlayStation 5 Slim

ARTIGOS RECENTES

Xiaomi Sugere Nova Mi TV OLED

A Xiaomi tem abordado a possibilidade de estar a desenvolver um novo modelo de Mi TV, desta vez com ecrã OLED. Não foram partilhados quaisquer detalhes, mas um utilizador (tipster) sugere que pode tratar-se da próxima geração de televisores OLED. 

Os Novos Recursos Que Chegam Com o iOS 15

Ainda há relativamente pouco tempo foi anunciado o iOS 14.5, que trouxe várias novidades, e a Apple já anunciou nova versão do seu sistema operativo móvel, o iOS 15.

Kingston Substitui HyperX Por Fury

Depois da HP ter adquirido a HyperX (a divisão de periféricos gaming), a Kingston, que manteve posse da divisão de memórias, altera o nome da HyperX para Fury.

Deixe o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *