Tecnologia DLAA da Nvidia Aumenta a Qualidade de Imagem em Jogos Antigos

A Nvidia está a testar a sua tecnologia DLAA no jogo Elder Scrolls Online que foi lançado em 2014.

Uma das mais recentes melhorias adicionadas às placas gráficas da Nvidia foi a tecnologia DLSS – Deep Learning Super Sampling – que consegue aumentar o número de frames por segundo de um jogo, às vezes até duplica. Agora, a Nvidia está a dar um novo propósito a esta tecnologia e está a testá-la num jogo com 7 anos.

Este novo sistema denomina-se por DLAA – Deep Learning Anti-Aliasing – e está, então, a ser testado no jogo Elder Scrolls Online que, apesar de ter sido lançado em 2014, é ainda hoje jogado.

A Nvidia publicou no seu site que “muitos jogadores querem mais frames por segundo, mas outros já têm uma taxa de fps satisfatória e querem antes maximizar a qualidade de imagem. A tecnologia Nvidia DLAA é um novo modo anti-aliasing baseado em IA para utilizadores com GPU de sobra e que querem níveis de qualidade de imagem mais elevados”.

É um facto que as placas gráficas mais recentes da Nvidia são já capazes de correr muitos jogos antigos de PC a mais de 120 fps sem DLSS, mas ainda assim, a equipa de programação responsável pelo jogo Elder Scrolls Online viu potencial nesta tecnologia para abordar um problema já bastante conhecido no jogo onde linhas irregulares, tipo o contorno de escadas, surgem em objetos 3D.

Há vários anos que programadores utilizam técnicas anti-aliasing existentes para suavizar as extremidades e tornar assim a qualidade de imagem mais realista. No entanto, a tecnologia DLAA da Nvidia promete elevar o anti-aliasing a um novo nível. 

Última Atualização de Drivers AMD Melhoram Desempenho da Placas Gráficas Mais Antigas

Rich Lambert, diretor criativo da ZeniMax Online Studios diz que “a DLAA da Nvidia pode realmente melhorar o nosso jogo ao produzir os melhores resultados anti-aliasing que vimos até hoje no Elder Scrolls Online”.

Esta tecnologia trabalha na forma como o sistema DLSS utiliza os algoritmos IA para renderizar um jogo a 1080p e faz o upscale da imagem para um resultado superior a 1440p ou 4K. Assim, o resultado pode criar uma taxa de fps mais elevada sem sacrificar em demasia a qualidade de imagem.

Por outro lado, a DLAA, utiliza a mesma tecnologia, “mas trabalha sobre a resolução nativa da imagem para maximizar a qualidade de imagem em vez de dar um aumento no desempenho”, afirma a Nvidia.

Alex Tardif, chefe programador gráfico da ZeniMax Online Studios comentou num tweet “não é algo que todos os jogos necessitem, mas faz sentido no ESO”.

Tal como a tecnologia DLSS, também a DLAA pode apenas ser ativada com uma placa gráfica Nvidia da série RTX 2000 ou 3000. A tecnologia DLAA está disponível atualmente nos servidores de teste para o Elder Scrolls Online.

ARTIGOS RECENTES

DDR5 Não Partilha Slots de DDR4

A chegada das memórias RAM DDR5 está próxima, mas para quem ainda não sabe e está contar adquirir novas memórias para atualizar de DDR4 para DDR5, as slots de umas não são compatíveis com as outras.

Kit para Desktop AMD 4700S by PCDIGA

Grande desempenho num formato compacto é cada vez mais uma tendência quando é hora de adquirir um computador desktop, seja para trabalho ou gaming.

Deixe o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *